segunda-feira, 3 de setembro de 2012

10 passos para você se tornar o profissional do futuro

Qual será o profissional valorizado no futuro? O que o mercado de trabalho vai esperar de nós? Alguns estudos e previsões apontam que as dez dicas abaixo serão fundamentais para você se tornar o profissional que as empresas vão disputar daqui a algum tempo. Veja lá:



1 - Aderência à cultura

Que comportamentos, atitudes e posturas são valorizadas no ambiente em que você está inserido? Já pensou nisso? Antes, o fator mais importante na seleção de um profissional era o seu conhecimento técnico. Hoje, isso ainda existe, mas o mercado considera ainda mais a identificação e adaptação de um profissional à cultura da empresa. Isso significa que você pode ser um supertalento para a empresa X e trazer muitos resultados, mas pode não significar muito para a empresa Z. Qual a diferença? A cultura de cada uma. Dica: antes de tentar entrar numa empresa cheque se os seus valores estão alinhados aos dela. Se estiverem, sua vida lá poderá ser mais longa e mais produtiva.



2 - Trabalho remoto, com times multiculturais

Você sabe como se comunicar com pessoas de etnias diversas e construir uma rede de relacionamentos a partir dos diferentes canais que estão à sua disposição? Está realmente preparado para viver sem barreiras geográficas, lingüísticas, de fuso horário etc? Trabalho em home office com times multiculturais pode parecer simples e divertido, mas exige muito planejamento, disposição e organização. Parece brincadeira, mas não é. Portanto, prepare-se: seja fluente em vários idiomas (inglês, pelo menos), estude culturas diferentes, viaje sempre que possível e aprenda a se organizar para ser produtivo em qualquer lugar e a qualquer hora.



3 -  Rede de relacionamentos – busca de informações filtradas, precisas e utilizáveis

Você usa a internet para estabelecer contatos relevantes e se manter atualizado? É preciso ter cuidado para não ver seu tempo ser engolido pelo monstro da internet. Ou seja, ao ter à disposição tantas informações e com tamanha velocidade, você precisa selecionar, filtrar e manter o foco no que realmente importa.



4 - Capacidade de ir do operacional ao estratégico

A partir de uma atividade ou tarefa, como você faz para entender os impactos operacionais, táticos e estratégicos do seu trabalho? O profissional do futuro será aquele que consegue atuar no operacional e estratégico ao mesmo tempo. Ou seja, não haverá (não há) função em uma empresa que não exigirá que o profissional tenha parte do seu dia tomado por atividades operacionais, e não haverá (não há) função em uma empresa que não cobrará que o profissional consiga, a partir de uma atividade operacional, trazer à tona conteúdos estratégicos.



5 - Autoconhecimento como responsabilidade do indivíduo

Você busca oportunidades de autoconhecimento? Você pede feedback sobre o seu trabalho a pares, chefes e colegas? O profissional do futuro, que se destacará dos demais, será aquele que buscar novas oportunidades para se conhecer melhor.



6 - Apropriar-se do seu desenvolvimento profissional

Você participa ativamente de atividades extracurriculares e realmente se engaja nos treinamentos formais oferecidos pelas empresas? A responsabilidade sobre seu desenvolvimento profissional já não pertence mais à companhia em que você trabalha. A tendência é que ela esteja cada vez mais em suas mãos.



7 - Integração do papel profissional e social: ética e responsabilidade

Você busca manter uma coerência entre o que fala e o que faz, no trabalho e na vida pessoal? Para começar, não há mais a cisão entre o pessoal e o profissional, você está o tempo todo conectado com todas as suas esferas e é preciso ter coerência. Cuidado com sua exposição em redes sociais, elas dizem muito sobre você, quer você queira ou não!



8 - Capacidade de Interagir com públicos diferentes

Você busca oportunidades de trabalhar com pessoas de perfis e gerações diferentes? Você assume uma postura de aprendizado, ao se aproximar e interagir com profissionais que admira? Não é porque o jovem domina a tecnologia que pode desconsiderar os inúmeros aprendizados que pode ter na convivência com profissionais de outras gerações. Ok?



9 - Consciência para lidar com informações estratégicas e confidenciais

Você sabe discernir o que pode e o que não pode ser divulgado? Hoje em dia, tudo é compartilhado. No entanto, para que as empresas alcancem seus resultados, elas ainda dependem de informações confidenciais e isso significa não comentar com ninguém. Inclusive com amigos e familiares no almoço de domingo ou na mesa do bar...



10 - Integração com pessoas online e offline


Como você tem mantido seus contatos offline? Como você tem cuidado dos seus contatos online? O profissional do futuro consegue construir sua rede de relacionamentos reais e virtuais. Fazer o intercâmbio de uma para outra esfera (online e offline) também é fundamental!




Renata Damásio é formada em psicologia e pós-graduada em Mediação de Conflitos pela PUC – SP, com Especialização em Gestalt pelo IGSP. Há quatro anos no Grupo DMRH, faz parte do grupo de inovação da empresa e foi responsável pela criação e gestão do blog da Cia de Talentos. É consultora-sênior da CT.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Palestra abundância e prosperidade na ACSP

Tive a honra de mais uma vez participar do corpo de palestrantes do projeto abundância e prosperidade que foi realizado na associação com...